Slider

Prevenção à Aids/HIV/IST | Promoção da Saúde e Diversidade Sexual | Conheça a ALIA

ALIA: porque lutar é preciso!

A Aids invadiu o mundo de forma veloz e intensa, causando um misto de medo, perplexidade e até incredulidade.

Hoje adjetivada de pandemia, a Aids não é mais sinônimo de morte e nem o HIV é sinônimo de grupo de risco, mas continuam sendo tabus, assuntos delicados de se falar abertamente.

Frente a este contexto, podem existir dois caminhos: 1) a negação em função do medo; 2) a consciência a serviço da realidade e do compromisso social.

Dados epidemiológicos de 2016 da UNAIDS estimam a existência de mais de 830 mil casos de infecção pelo HIV no país, considerando a população de 15 a 24 anos como a de maior vulnerabilidade. Vale ressaltar que esta faixa de idade atingida pela pandemia coloca em risco toda uma força de trabalho e desenvolvimento de nosso país.

O estado do Paraná contabilizou mais de 45 mil casos de Aids entre 1980 e 2016 e o município de Londrina registrou 1199 novos casos de Aids no ano de 2016, sendo a principal forma de transmissão a via sexual.

Os casos de HIV entre jovens aumentaram a níveis epidêmicos nos últimos anos e estamos vivendo novamente uma epidemia de HIV e sífilis entre jovens e adultos. Dentre as causas estão o relaxamento na prevenção e uso da camisinha, a falta de discussão sobre o assunto sexualidade dentro de casa e nas escolas, preconceito e discriminação.

A ONG ALIA atua há 28 anos na prevenção à Aids/HIV/IST e na promoção da saúde sexual.

Fundada em 6 de maio de 1989, a ALIA é uma organização da sociedade civil, sem fins lucrativos. A instituição promove ações sócio-educativas a populações específicas e ao público em geral, priorizando a prevenção das IST/HIV/Aids, observando os princípios da saúde pública, direitos humanos e da cidadania.

A finalidade da associação é contribuir na luta contra a epidemia de Aids, por meio de ações integradas entre a promoção da saúde, prevenção à Aids/IST e hepatites e promoção dos Direitos Humanos. Direcionamos nossos esforços prioritariamente às pessoas vivendo com HIV/Aids e às populações vulneráveis.

Somos uma associação civil de direito privado e sem fins lucrativos, composta por voluntários e com prazo de duração indeterminado. Pessoas vivendo com HIV/Aids, jovens, mulheres e populações em situação de vulnerabilidade social constituem o público-alvo da instituição.

Realizamos nossas ações por meio de projetos que promovem a disseminação de conhecimentos. Transmitimos informações que propiciam mudanças de comportamento, a promoção e defesa dos direitos humanos. Promovemos o exercício da cidadania, da participação e do controle social das Políticas Públicas afetos ao público atingido.

 

 

Prevenção à Aids/HIV/IST | Promoção da Saúde e Diversidade Sexual

A ONG ALIA é reconhecida de utilidade pública municipal, estadual e federal, com registro junto ao Conselho Nacional de Assistência Social – CNAS e Conselho Municipal de Assistência Social.

A missão da ALIA é ser mais do que uma ONG que promove a prevenção à Aids/HIV/IST e a promoção da saúde sexual.

Somos uma organização atuante na resistência ao preconceito e às políticas neoconservadoras da cidade de Londrina e região, sendo uma instituição de referência na região sul e em nível nacional por seu protagonismo e ativismo.

A presença da ALIA é de fundamental importância para a comunidade e para a qualidade de vida de todos os que buscam os nossos serviços. Sua força institucional e atuação no cenário londrinense direcionam-se a todos os afetados pelo HIV/Aids, IST, vítimas de abusos, violência sexual e homofobia. A ALIA é o seu 'ombro amigo', conte conosco sempre que necessário!

 

 

MISSÃO

Contribuir no enfrentamento da AIDS, atuando na redução da vulnerabilidade nas suas diferentes dimensões, integrando ações de promoção à saúde, prevenção à AIDS/IST/HIV e hepatites, promoção dos direitos humanos e o exercício da cidadania.

VISÃO

Ser referência na área pela confiabilidade de sua gestão, qualidade das ações e compromisso com a sociedade.

VALORES

Transparência, valorização e compromisso com a vida pela prática da solidariedade, diversidade, laicidade, aprendizado, compartilhamento e cidadania.